18 de mar de 2014

i.

o emocional é fraco,
berrou se desculpando
aos fortes
e aos gordos

mas a lama
é down
azul escuro
maltratado

folhas despedindo galhos
o tremor das pernas
na hora do gozo
essa coisa de cair do salto
o livro imóvel na cabeça
o olhar retilíneo.


ii.

desculpem os exemplos
mas a imensidão
é um buraco

uma vontade débil
de render-se

o saco cheio
de languidez.



iii.

corrijam-me os bons
mas dor é essa ferida
sangue que não pergunta
se quer correr

a pele úmida
que antecipa a vertigem

uma saliva

um tropeço.

Nenhum comentário: