3 de fev de 2007

primeira tentativa

quero a auto-terapia de escrever, secar meus males, filtrar meus graus. só tenho sólidas palavras sem gás, mas meus eus-líricos já estão fartos de dormir. tenho várias palavras sem rumo e sem sentido. mas ainda tenho os meus sentidos.

3 comentários:

Márcio disse...

Grande notícia!! Há anos que mendigo por esse blog né cara autora. Nunca tive tanta razão.
.. e teus sentidos são tão aguçados, febris, cortantes à nossa superficialidade cotidiana... que é impossível permanecer imune!
Abraço de urso

fernanda disse...

escrever é uma ótima terapia. palavras são como lágrimas, só que não entalam na garganta, nem embaçam os óculos. é bom escrever, fazes muito bem, estou adorando teus escritos. beijos amada!

Ana disse...

Camila Querida!!

Que bom te descobrir aqui!

Dois chás, ok? Também queroooooo!!

Grande beijo!